Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 20, 2018

Vargas e o Nazimos: Será mesmo que o ditador brasileiro preferia a netralidade?

Persiste certo silêncio sobre a presença e atuação dos nazistas no Brasil. Não se sabe nem o número de partidários de Hitler que vieram ao país depois da Segunda Guerra Mundial, acusados de crimes contra a humanidade. Governado por Getúlio Vargas entre 1930 e 1945, o Brasil havia se tornado uma espécie de seara livre para a circulação de nazistas, fascistas e integralistas. Não só possuindo características positivas, mas também negativas, Vargas começou a “aderir” alguns ideais de punho autoritário. Em meados do seu governo, começou a surgir concentrações do partidário do nazismo, como, por exemplo, em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba. Faziam parte dessas concentrações alguns operários, comerciantes e agricultores. Além disso, por causa do conservadorismo da Igreja Católica e o autoritarismo do Estado, da imprensa e das forças policiais, os grupos nazistas começaram a “se espalhar” pelo Brasil inteiro, não apenas nas cidades supracitadas. O Brasil, em meados de 1930, b…